Válvulas VenosasSão veias dilatadas superficiais devido uma alteração na circulação venosa que, posteriormente, vão se dilatando e se alongado, dificultando a circulação do sangue. O nome variz surge do latim "VARIX" que significa serpente e elas atingem principalmente as mulheres. Nos pacientes, pode ocorrer sensação de cansaço e queimação nas pernas, que podem ser agravados se a pessoa ficar um longo período em pé. Além do fator estético,as varizes causam prejuízos à qualidade de vida e a saúde do paciente.

O sangue é bombeado pelo coração para as artérias e elas são as responsáveis por levar esse sangue a todas as partes do organismo. Já as veias têm o dever de levar o sangue de volta para o coração. Nesse processo, há um problema porque as pernas ficaram distantes do coração. Sendo assim, as veias desenvolvem um grande esforço para realizar esse procedimento e o corpo desenvolveu mecanismos para que o retorno sanguíneo ocorra de forma mais fácil. Com base nesses mecanismos, pode-se destacar: Válvulas venosas.

Válvulas Venosas

Essas válvulas são necessárias para direcionar o sangue para os membros superiores. É um trabalho que deve ser feito de forma permanente. Na pessoa que não está doente, essa válvula se abre para o sangue subir; porém, ela se fecha para que o sangue não tenha a oportunidade de voltar. Esse procedimento é mais fácil quando as pessoas estão deitadas ou com as pernas levantadas. Após alguns anos ou devido à doenças hereditárias, o funcionamento dessas válvulas pode se tornar deficiente, e isso causa elasticidade e elas não fecham da melhor forma.

Quando elas perdem a elasticidade, o sangue começa a ficar estagnado nas veias,, o que provoca dilatação. A dilatação incomum faz surgir as varizes. É um problema que tem um caráter bastante genético e devido a isso, muitas pessoas da mesma família têm varizes.

Bomba Plantar

A importância da caminhada está no fato de que a cada vez que uma pessoa pisa, o sangue é bombeado para cima.

Bomba Muscular da Panturrilha

Os músculos da batata da perna também ajudam a movimentar o sangue para cima. Nesse caso, também fica evidente a importância da caminhada.

Quando as varizes não são tratadas corretamente, pode progredir para complicações mais sérias como eczema, dermatite, flebite e trombose, escurecimento da pele, hemorragias e úlceras.

Veia Safena: A veia safena interna é a mais longa veia do corpo humano porque vai da parte interna do tornozelo até a virilha. Ela é muito utilizada para substituir as artérias que estão entupidas e, principalmente, as artérias coronárias (coração). É uma veia muito importante e deve ser retirada somente se estiver doente. Há uma outra veia safena, que é menor e é chamada de safena externa, que fica localizada na parte de trás da perna sob a panturrilha.

Fatores de Risco das Varizes

Nem todos são acometidos pelas varizes; porém, suas maiores vítimas são as mulheres devido, principalmente, aos hormônios femininos, pois a progesterona facilita na dilatação das veias. Entretanto, o principal fator de risco é o hereditário. Verifique outros fatores de risco que levam ao surgimento de varizes:

Idade: Aparece por volta dos 30 anos e pode piorar à medida em que vão passando os anos. Porém, os chamados vasinhos podem surgir em pessoas mais jovens.

Mulher GrávidaSexo: Os hormônios da gestação, menstruação e menopausa ajudam na dilatação das veias e, por isso, as mulheres têm maior propensão às varizes. Casos de reposição hormonal também aumentam a probabilidade de tê-las.

Obesidade: O excesso de peso dificulta o retorno venoso devido à grande pressão sobre as veias.

Temperatura: A exposição sob o forte calor pode causar a dilatação venosa e, por isso, nos países que são mais frios, há menos ocorrência de varizes.

Tabagismo: As substâncias tóxicas do cigarro causam problemas nas veias.

Gravidez: os sintomas da gravidez são uma das causas de varizes. Além do aumento na circulação de sangue nas veias, há o crescimento na quantidade de progesterona, que é o hormônio responsável por dilatar as veias. Com o crescimento do útero, há também a pressão sob as veias abdominais e da região pélvica. Isso é um fator que dificulta a subida do sangue. Quando é a primeira gravidez, elas desaparecem após o nascimento; entretanto , após a segunda gestação, elas não desaparecem após o nascimento.

Sedentarismo: Quem passa longos períodos sentado ou sem movimentação, não ajuda as veias a realizarem seu trabalho. Sendo assim, os trabalhadores que trabalham sentados, devem tomar mais cuidado.

Pílulas anticoncepcionais: Os hormônios são vilões para as veias da perna.

Alimentação contra Varizes

Algumas dicas para evitar as indesejáveis varizes:

- Evitar ganhar peso em excesso;

- Frutas e verduras.Ter uma alimentação saudável rica em fibras;

- Não permanecer muito tempo em pé ou sentado;

- Fazer caminhadas e faça atividades físicas regularmente;

- Evitar os anticoncepcionais;

- Não fumar;

- Consultar médicos angiologistas e cirurgiões vasculares;

- Evite usar sapatos com salto muito alto;

- Evite as roupas muito apertadas;

- Beba bastante água;

- Ande quando puder, para ativar a circulação.

Sintomas

- Dores nas pernas;

- Queimação nas pernas e pés;

- Coceira;

- Cansaço;

- Visualização de vias azuladas;

- Junção de vasos finos avermelhados;

- Sensação de peso nas pernas.

Na ocorrência de um desses sintomas, um médico angiologista deve ser consultado porque as varizes podem ser elevadas a uma inflação das veias, causando um escurecimento da região. Quando não há um tratamento correto, a doença pode elevar para uma úlcera nas pernas e trombose.

O tratamento das varizes vai depender da veia que deverá ser tratada. As que são retiradas são doentes e, sendo assim, não ajudam em nada na circulação. Sua retirada ocasiona a melhora na drenagem das veias dos membros inferiores e isso previne o aumento da doença. Há casos onde o paciente pode ser tratado com medicamentos e com o uso de meia elástica.