Remédios AnticoagulantesA trombose nada mais é do que a formação de um trombo (coágulo sanguíneo). Quando a trombose ataca uma veia superficial do corpo, é chamada de tromboflebite superficial. Já quando ela atinge as veias mais internas, é denominada trombose venosa profunda.

É uma doença que pode não apresentar sintomas evidentes; porém, nas veias superficiais, podem ocorrer sintomas como inchaços, dor, vermelhidão e elevação da temperatura e nas veias mais internas podem ocorre inchaços e dores em uma perna. A trombose surge porque no sangue humano há fatores que ajudam na coagulação do sangue e os que mantêm o sangue no seu estado líquido. Quando por algum motivo, ocorre um desequilíbrio entre os dois, incide na formação de um trombo.

Há alguns remédios anticoagulantes que reduzem a viscosidade do sangue. Eles ajudam a evitar possíveis retornos da doença e reduzem a chance de sequelas. Entretanto, o medicamento deve ser utilizado apenas sob a orientação médica.

  • Complicações agudas da trombose: embolia pulmonar. O coágulo pode se dirigir ao pulmão e se dirigir a uma artéria, causando risco à vida do paciente.
  • Complicações tardias da trombose: Ocorre a síndrome denominada Insuficiência Venosa Crônica (IVC) onde as válvulas que estão nas veias são destruídas, sendo que elas são importantes para o direcionamento do sangue para o coração. No princípio, o sintoma mais comum do IVC é o edema e posteriormente o aumento das veias com alteração na coloração da pele.

Causas da Trombose

- Dificuldade para se movimentar durante longas viagens;

- Varizes;

- Cigarro;

- Cirurgia;

- Uso de anticoncepcionais;

- Reposição hormonal.

Fatores de Risco da Trombose: Idade acima de 40 anos, varizes grandes, gravidez, cigarro, traumatismos, infecções, imobilização por um longo período, alterações genéticas, entre outros.

Faça Exercícios FísicosPrevenir Trombose

Faça caminhadas e pratique exercícios físicos;

Caso necessiteficar deitado por um longo período, faça movimentos com a perna e os pés;

Evite o cigarro e o sedentarismo;

Use meia elástica caso seu tornozelo inche;

Não use medicação sem a orientação do médico;

Se há um histórico familiar da doença, procure um médico.

Trombose Venosa Profunda

A TVP é também conhecida como flebite ou tromboflebite profunda e é causada pela coagulação do sangue que está no interior das veias em momentos que não são adequados. Causa inchaços e dores nos membros inferiores. Os fatores de risco para a doença são o uso de anticoncepcionais, tabagismo, varizes, tumores malignos obesidade e trombose venosa. A idade avançada e alguma anomalia genética também podem causar a doença.

Na fase aguda, pode causar embolias pulmonares que podem ser fatais. Na fase crônica, pode causar inflamação na parede das veias causando uma perda no funcionamento dos vasos sanguíneos. Causa uma série de lesões (pigmentação escura na pele, inchaço e varizes e úlceras nas pernas) que são chamadas de pós-flebítica. É um problema que causa dificuldades devido a seu alto custo e um tratamento prolongado e doloroso. O exame mais utilizado para obter o diagnóstico da TVP é o Eco Color Doppler. O tratamento utiliza substâncias anticoagulantes ou fibrinolíticos e podem ser feito na casa do paciente.

Tromboflebite Superficial

É a trombose em uma veia superficial causando reação inflamatória. Ocorre principalmente nos homens e mulheres que já possuem varizes. Pode ocorrer sem algum motivo aparente; porém, também pode ser consequência de um traumatismo na veia após alguma cirurgia ou um parto. Com a doença, a parte do corpo que é atingida ganha uma coloração avermelhada com a incidência ou não de dor. Ainda pode ocorrer inchaço no local e o endurecimento da região afetada.

O médico pode receitar analgésicos, anti-inflamatórios e compressas mornas para as lesões com pouca extensão. Já para as que possuem uma extensão maior, que possam evoluir para uma embolia pulmonar, ele pode indicar um anticoagulante. A cirurgia, nesse caso, somente é feita quando há uma dor intensa e quando a tromboflebite atingiu a safena. É importante que as pessoas que já possuem varizes tenham precauções, pois a doença pode evoluir para uma trombose.